terça-feira, 10 de julho de 2012

Gincana



As gincanas podem ser organizadas com o objetivo específico de recrear, fazendo com que o participante se integre ao grupo social e ao ambiente da UPI. Podem ser organizadas também gincanas culturais, que contribuam para a aprendizagem ou gincanas tipo mutirão, que promovam mudanças na conduta grupal, como por exemplo, limpar um pátio, fazer um lanche, reciclar lixo etc. Neste caso não haverá competição, mas o sentimento de compartilhar tarefas honrosas de solidariedade. Podem ter, assim, a finalidade de cooperar com alguma instituição, inclusive recolhendo gêneros, agasalhos etc. As gincanas serão planejadas previamente pelos educadores, através da seleção dos jogos, brincadeiras e tarefas que, encadeadas dinamicamente, tornam-se interessantes e revelam destreza e outras habilidades.
Relembramos que devemos evitar brincadeiras que possam constituir perigo. Exemplos: corrida com colher na boca; carrinho (corrida com duas crianças, uma segurando os pés da outra, enquanto esta se movimenta com as mãos apoiadas no chão).
1- Sugestão de gincana recreativa
a- Soprar balões: Formar duas equipes com o mesmo número de balões e de participantes. Cada participante, das duas equipes, irá soprar um balão até estourar. A equipe que terminar primeiro será a vencedora.
b- Dança das cadeiras: Uma cadeira a menos que o número de participantes. Enquanto a música toca, todos dançam com as mãos para trás. Ao parar a música, a criança que não conseguir sentar sai. Em vez de cadeiras pode utilizar-se arcos.
c- Corrida aos arcos: Os jogadores arrumam-se em coluna por um, as equipes se colocam em duas fileiras paralelas. À frente de cada uma, a certa distância, coloca-se (ou desenha-se) um arco no chão. Cada equipe recebe uma bola. Dado o sinal o primeiro de cada equipe corre com a bola na mão até o círculo, entra nele e volta correndo para a sua equipe. Entrega a bola ao segundo da fila e coloca-se no final da fila e assim sucessivamente até que todos tenham participado. A equipe que terminar no menor tempo ganha. Se a bola cair, o participante deverá repetir o percurso.
d- Correndo com bastões: Formam-se duas equipes. Cada equipe organizar-se-á em duas colunas por um que se cruzam perpendicularmente. À frente de cada uma risca-se o chão para marcar o início e o final. Dado o sinal, o primeiro de cada coluna corre em direção à esquerda, contorna todo o círculo passando pela frente dos outros grupos com um bastão na mão, retorna à sua fila, passa o bastão ao segundo da fila e coloca-se no final da coluna, passando pela esquerda. O jogo prossegue até que todos tenham participado. A equipe vencedora será a que chegar primeiro ao ponto de partida e mantiver a formação da fila adequadamente.
e- Água de beber: As duas equipes se colocam lado a lado, em formação horizontal. Cada participante, com as mãos para trás, segura com a boca, um copo descartável, pelo fundo. Entre as equipes ficará uma mesa com dois copos com medidor. O educador colocará água no copo de cada um dos participantes do final das colunas. Dado o sinal estes irão cuidadosamente passando a água, de copo em copo, até chegar ao último de cada equipe, que irá derramar no copo-medidor. Ganha a equipe, que tiver acumulado mais água neste copo.
1.1- Outras sugestões:
a- Vestir depressa: Duas malas com os mesmos objetos, como:
- chapéu
- paletó
- camisa
- sapatos
- gravata com nó
Em um determinado tempo, duas crianças, uma de cada equipe, irão vestir-se com todos os objetos.
b- Desfazer os nós: Uma corda flexível com cinco nós para cada equipe. Dentro de um mesmo tempo as equipes irão desfazer os nós.
2- Sugestão de gincana cultural
a- Charadas:
O que é? O que é?
– É vermelho por fora e vermelho por dentro?
R: Tomate.
– Sou amarelo e não sou ouro: Sou rei, mas não tenho reino.
R: O Sol
– Tem braços e não é gente. Tem leito mas não é cama.
R: O rio
– Gosta de cantar e não é cantor. Acorda todo mundo e não é relógio.
R: Galo
– Tem pé, tem dente, tem barba e não é gente?
R: Pé de milho.
b- Montar e desmontar jogos no menor tempo: blocos de madeira, quebra-cabeça, jogos de encaixar etc.

c- Palavras cruzadas.
d- Criação de letra de música, poesia ou acróstico em torno de um tema.
e- Qual é a música? Descobrir o nome da música tocada, ou cantá-la a partir de uma só frase musical.
f- Mímica para descobrir palavras. Ex.: sol (mímica), dado (mímica) = soldado
g- Jogo de trava- língua. O rato roeu a roupa do rei de Roma.

3- Sugestão de gincana social
As gincanas sociais ou de solidariedade devem propor atividade em benefício de um grupo (idosos, mães...) ou instituição.
Como exemplos de atividades podemos citar:
- fazer um salada de frutas
- cortar legumes em pedacinhos
- preparar refrescos, sanduíches e doces
- reaproveitar material descartável
- coleta de jornais e latas para reciclagem
- mutirão de pintura, limpeza e arrumação, aprendendo a rea-lizá-lo com boa vontade.
- preparação de vasos de plantas ornamentai
É importante que o grupo esteja bem motivado para sua realização, por compreender o valor social (ou afetivo) do que irão realizar.

“ A paz se encontra dentro de nós, mas para buscá-la, precisamos transformar o físico, o emocional e o mental em veículos de harmonia com a Paz.”
(pelo espírito roberto assagioli - livro reflexões sobre a paz, psicografia de ruth brasil mesquita)